Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

ambev traz michelob ultra ao brasil 1617740427666 v2 450x450

Imagem: Divulgação

A Ambev anuncia a chegada da cerveja Michelob Ultra ao Brasil. Segunda marca mais vendida nos Estados Unidos, onde perde apenas para Bud Light, a cerveja já era comercializada em Florianópolis desde ano passado e agora estará à disposição dos consumidores em todo o mercado nacional.

A cervejaria afirma que a Michelob Ultra "chega para ser a opção ideal de quem busca por menor consumo de carboidratos e calorias sem abrir mão do sabor". Segundo o rótulo da bebida, uma long neck da marca, com 355 ml, possui 79 calorias - as cervejas costumam ter 140 calorias por lata com 350 ml.

O produto já pode ser encontrado em pontos de venda de São Paulo e pela internet, no Empório da Cerveja, para todo o Brasil. O pack com 6 unidades custa R$ 29,94 - para efeitos de comparação, o pacote de 6 long necks de Stella Artois, com 330 ml cada, custa R$ 26,94 no mesmo site.

No mercado norte-americano, a Michelob Ultra compete com marcas como Coors Light, Miller Lite e Bud Light. A marca, inclusive, tem investido pesado em marketing nos Estados Unidos. Desde o ano passado, a Michelob Ultra ocupa o lugar que foi da Budweiser durante 2 décadas como a "cerveja oficial" da NBA, a liga norte-americana de basquete.

"Estamos sempre atentos nas pessoas, nas tendências e desejos, para oferecer os melhores produtos nos melhores momentos. Temos a certeza de que Michelob Ultra será muito querida no Brasil", diz Felipe Cerchiari, diretor de inovação da Ambev, em comunicado.

Último lançamento foi Duplo Malte

O último lançamento nacional de uma cerveja pela Ambev havia sido a Brahma Duplo Malte, em fevereiro do ano passado. Segundo o balanço da AB InBev, a Duplo Malte foi o "maior lançamento da história da Ambev", com a marca passando a liderar o segmento das 'cervejas puro malte' em apenas 5 meses.

 

Fonte: UOL – 06/04/2021

guia fornecedores