Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Liga das Cervejarias Vulcanicas busca valorizacao do turismo cervejeiro em Pocos e regiao

A Liga das Cervejarias Vulcânicas de Poços de Caldas e Região foi criada nesta semana, com o objetivo de fortalecer o turismo cervejeiro. A associação é formada por nove produções artesanais: Bones, Borderbrew, Bricks, Gonçalves, Hill Beer, Passopreto, Tricontinental, de Poços, Hops Nock, de Botelhos, e Virtus, de Paraguaçu.

A cerimônia de fundação aconteceu virtualmente, na quarta-feira (17), com a presença dos associados, do secretário municipal de turismo, Ricardo Oliveira e do prefeito Sérgio Azevedo.

A data da fundação é o dia de Saint Patrick, marcante para a cultura cervejeira. “Assim, a associação, sob as bênçãos de seu patrono, inicia uma jornada rumo ao crescimento e desenvolvimento do setor cervejeiro dentro desse cenário”, destaca o presidente da Liga, Marcelo Gonçalves.

O secretário municipal de Turismo, Ricardo Oliveira, foi um dos incentivadores da associação, como fomento a um novo produto turístico para Poços de Caldas. “A partir de uma ideia inicial, de juntarem forças para participarem de eventos, agora eles já trabalham com a perspectiva da criação de um circuito turístico cervejeiro, com reconhecimento não só do poder público municipal como também do governo do estado. Vamos trazer os turistas para um turismo de experiência, conhecendo e provando as cervejas locais, além de todos os processos de produção de um produto artesanal”, ressalta.

A associação tem como propósito uma aliança que visa patrocinar a arte, cultura e gastronomia, com fomento do crescimento regional. “Apesar de vivenciarmos um momento crítico, de pandemia, sabemos da importância da união do setor para podermos trazer trabalho e esperança de crescimento, geração de empregos, estruturação de novas áreas de conhecimento e atividades a curto, médio e longo prazo em nossa comunidade”, informa Marcelo.

 

Fonte: Guia GPHR – 22/03/2021

guia fornecedores