Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

O Grupo Schincariol, segunda maior cervejaria do País, anunciou ontem a compra da União das Devassas Cervejarias (UDC). A empresa assume as marcas da UDC, a unidade de produção e a estrutura de distribuição. O valor do negócio não foi divulgado. Os proprietários atuais da UDC, Marcelo do Rio e Cello Macedo, continuam como sócios e como gestores das franquias, que englobam três estabelecimentos próprios e 10 franqueados. Adriano Schincariol, membro do Conselho de Administração do Grupo Schincariol, destacou em comunicado que o acordo reforça a presença da empresa no Rio de Janeiro e no segmento premium. A aquisição marca a entrada da Schin no mercado de franquias de microcervejarias.

O grupo garantiu que irá manter as marcas, a estratégia e as características das bebidas, como sabor e qualidade. No início de junho, a empresa arrematou Indústria de Bebidas de Igarassu (IBI), dona da marca Nobel. A unidade fica em Pernambuco, na cidade de mesmo nome, a 20 quilômetros de Recife, e tem capacidade de produção de 42 milhões de litros por ano. O valor do negócio não foi divulgado. Antes dessa operação a Schin já havia comprado no início do ano, em janeiro, a marca e a fábrica Baden Baden.

O exemplo da compra da Igarassu, o valor da operação não foi revelado, mas a Baden é um negócio pequeno, com produção quase artesanal. A empresa faturou R$ 5,5 milhões no ano passado. Até junho, o volume de investimento da Schincariol na expansão da produção estava em R$ 165 milhões. O montante inclui a construção de uma fábrica no Ceará, que ficará pronta em setembro de 2007, com capacidade para 150 milhões litros por ano.

Fonte: O Estado de São Paulo - Economia & Negócios - Agosto/2007

guia fornecedores