Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

concurso e1581028206862

Em 2019, Backer foi considerada a principal marca de grande porte do país (Foto: Daniel Zimmermann)

O Concurso Brasileiro de Cervejas superou seus próprios parâmetros em 2020 e reunirá impressionantes 634 marcas e 3.284 amostras de 22 estados brasileiros. O número de cervejarias é 25% maior do que em 2019, quando 505 marcas se inscreveram com 3.155 rótulos.

O julgamento das 634 marcas ocorrerá entre 7 e 9 de março, em Blumenau, e a premiação será no dia 10. Na sequência haverá a realização do Festival Brasileiro da Cerveja, entre 11 e 14 de março, no Parque Vila Germânica, também em Blumenau.

Ao todo foram inscritas amostras em 146 estilos. Destaque para a IPA, com 235 rótulos. Já o primeiro estilo brasileiro, a Catharina Sour, está em segundo com 157 concorrentes, seguido por APA (132), Lager (108) e Wood and Barrel Aged (102).

 “As cervejarias entendem, cada vez mais, que as premiações são ferramentas importantes de validação e uma forma de ter feedbacks com alto nível de especialização para ajuste de produtos”, afirma Fernanda Bressiani, coordenadora técnica do Concurso Brasileiro de Cervejas.

Entre as marcas que disputarão o prêmio, por sua vez, 435 são cervejarias, 160 se definem como ciganas e 39 são brewpubs. E, geograficamente, o maior número de cervejarias inscritas está em São Paulo, seguido por Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Na edição de 2019, a Suricato Ales ganhou como melhor cervejaria na categoria de pequeno porte, a Cathedral foi a premiada na de médio porte e, curiosamente, hoje envolta pelos problemas de contaminação por monoetilenoglicol e dietilenoglicol, a Backer foi considerada a principal marca de grande porte do país.

 

Fonte: Guia da Cerveja – 06/02/2020

guia fornecedores