Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Vigilância Sanitária de Montes Claros está recolhendo produtos, após contaminação 

MAURÍCIO VIEIRA/JORNAL HOJE EM DIA /devolver backer

INVESTIGAÇÃO - Rótulos produzidos pela Cervejaria Backer podem ser devolvidos pelo consumidor

O consumidor que adquiriu algum produto da Cervejaria Backer, entre eles a cerveja Belorizontina, e quiser se desfazer da bebida, poderá entregar todo o material na Vigilância Sanitária de Montes Claros, garantindo o descarte correto. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), já são 21 casos suspeitos de intoxicação por dietilenoglicol em Minas Gerais, atribuídos à ingestão de cervejas da Backer. 

Ao todo, 19 homens e duas mulheres estão sendo acompanhados pela SES. Em quatro dessas pessoas, a intoxicação por dietilenoglicol foi confirmada por testes de laboratório. Uma delas morreu. Outras três mortes continuam sob suspeita.

Dos 21 registros que estão sendo acompanhados pela SES, 14 são de moradores da capital. Os restantes são de Capelinha, no Vale do Jequitinhonha; Nova Lima, na Grande BH; Pompéu e São João del-Rei, na região Central; São Lourenço, no Sul de Minas; e Ubá e Viçosa, na Zona da Mata.
 
DIREITOS
Diretor do Procon Montes Claros, Alexandre Braga alerta que todos os vendedores de rótulos da Cervejaria Backer devem retirar os produtos das prateleiras. Eles podem também aguardar o recolhimento pela empresa. Quanto aos consumidores, ele explica que podem solicitar o ressarcimento dos valores pagos. 

“Os consumidores que compraram a cerveja de lotes produzidos desde outubro têm direito ao ressarcimento do que pagaram. Pode ser solicitado tanto ao revendedor quanto à Backer. Quem consumiu esses lotes cuja contaminação foi confirmada pode ter direito a indenização”, disse o diretor. O Procon informou ainda que não registrou reclamações na cidade envolvendo o consumo ou venda desses produtos. 
 
RECALL 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) determinou o recall de todos os rótulos nos quais foi constatada a contaminação. A Backer informou que “segue colaborando com as autoridades e vai respeitar a determinação da Anvisa”.

Em Montes Claros, a Vigilância Sanitária fica na avenida Dulce Sarmento, 2.076, bairro Monte Carmelo. O material recebido servirá, caso necessário, como objeto de amostra para futuras análises. Outras informações pelo telefone (38) 2211-4363.

 

Fonte: O NORTE – 22/01/2020

guia fornecedores