Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

produção indus e1552915621103

Elevação em janeiro foi de 5,7%, que leva a um crescimento de 0,9% no acumulado dos últimos 12 meses

Após sofrer redução em 2018, a produção industrial de bebidas alcoólicas registrou crescimento no primeiro mês de 2019. A alta em janeiro foi de 5,7%, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A expressiva alta muda o cenário de queda registrado em quase todo o segundo semestre do ano passado e leva a um crescimento de 0,9% no acumulado dos últimos 12 meses.

Embora o crescimento seja menos expressivo, o cenário é parecido com o visto na indústria de bebidas, que começou 2019 com alta de 0,6% na sua produção, número que provoca estagnação (0,0%) quando se observa os últimos 12 meses.

Já a produção de bebidas não-alcoólicas no primeiro mês de 2019 teve queda expressiva, de 4,9%, reforçando o cenário de retração visto em dezembro. Até por isso, nos últimos 12 meses houve redução de 1,1% na fabricação de bebidas sem álcool.

Além disso, a produção industrial brasileira teve queda de 2,6% em janeiro, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. O cenário nos últimos 12 meses, porém, ainda é de crescimento – de 0,5%.

“É uma produção industrial em ritmo abaixo da que encerrou 2018. No acumulado dos últimos 12 meses, ainda estamos no positivo, mas ele vem reduzindo a intensidade dessa expansão. Em julho de 2018, esse crescimento era de 3,4%. Ou seja, até nesse indicador, que está no campo positivo, vemos uma redução da intensidade do crescimento”, pontua André Macedo, gerente da pesquisa do IBGE.

Fonte: Guia da Cerveja – 18/03/2019

guia fornecedores