Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

patrick tomasso 499112 unsplash e1546867275929

Novidades englobam bares que produzem sua própria cerveja e que harmonizam bebida e alta gastronomia

O consumidor de cervejas fora do domicílio deve encontrar novidades em 2019, quando decidir sair de casa em busca de opções de bares. Após o ano passado ficar marcado pela consolidação das tap house, o brasileiro terá agora o brewpub e o gastropub como uma opção constante de lazer.

“Para 2019 acreditamos que duas tendências chegam fortes: o brewpub e o gastropub”, afirma Rodrigo Sena, sommelier e gestor da Escola da Cerveja BaresSP, apontando o que considera ser a tendência dos bares neste ano.

Os brewpubs são uma interessante alternativa para o microcervejeiro, pois ele pode vender a cerveja no mesmo local onde produz. Sem precisar gastar com logística e distribuição, o preço pode se tornar mais competitivo, algo que em alguns momentos ainda é um problema no setor.

“O brewpub é o lugar que vende a cerveja feita lá mesmo, e algumas mudanças de entendimento da fiscalização de Anvisa e MAPA [Ministério da Agricultura] estão favorecendo esse tipo de negócio”, explica Rodrigo, apontando também que mudanças recentes na legislação devem facilitar esse tipo de negócio.

O gastropub, por sua vez, deve se tornar uma tendência no mercado de bares a partir de uma demanda crescente do setor, com a busca por opções gastronômicas aliadas ao consumo de cervejas artesanais.

“O gastropub foca em um público que ama cerveja artesanal e que também ama gastronomia, e que hoje encontra pouquíssimas alternativas em São Paulo. Bistrôs onde a cerveja é o tema central aliada à alta gastronomia devem aparecer mais”, conclui o gestor da Escola da Cerveja BaresSP.

Fonte: Guia da Cerveja – 07/01/2019

guia fornecedores