Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Brasil conta com mais 800 cervejarias independentes, sendo 10% delas paranaenses. Polo de inovação em Curitiba conta com MBA de Gestão Comercial Cervejeira do UniOpet.

Com crescimento consolidado nos últimos sete anos, a produção de cervejas artesanais no Brasil conta com mais de 800 cervejarias. O Paraná se destaca nesse cenário, concentrando quase 90 cervejarias – 10% do panorama nacional. É o quinto maior volume do país, junto do Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.

O Estado tem experimentado um crescimento constante e registra um incremento da ordem de 20% ao ano, desde 2011, gerando aproximadamente 500 empregos diretos e 2.500 indiretos, de acordo com dados da Procerva (Associação das Microcervejarias do Paraná), que reúne cerca de 50 empresas associadas.

Tamanho polo de inovação em Curitiba inspirou o surgimento de especializações focadas no setor, como o recém-criado curso de MBA em Gestão Comercial Cervejeira do UniOpet. Voltado para graduados com interesse em aprimorar seu trabalho em bares, restaurantes e cervejarias, além de produtores independentes, o MBA é uma pós-graduação no formato latu sensu e exige graduação. “O curso tem certificação dupla: em especialização e técnico em beer sommelier. Com grade limitada, o curso técnico em beer sommelier é realizado junto com o MBA, sendo necessário apenas o ensino médio completo”, explica a professora Adriane Baldini, coordenadora do curso.

Bodebrown cerveja copo 1024x770

Mercado promissor

Além disso, a reconhecida qualidade das cervejas produzidas no Paraná – que já conquistaram mais de 240 prêmios nacionais e internacionais – colocaram Curitiba na rota dos profissionais e apreciadores da bebida. A cidade é considerada a Capital Nacional da Cerveja Artesanal.

“Apesar de estarmos atravessando um período difícil economicamente, com a alta do dólar que influencia diretamente no preço de ingredientes importados, como o lúpulo, o mercado curitibano está surpreendendo com a abertura crescente de pontos de venda e cervejarias ciganas. É necessário ter mão de obra qualificada para atender o público, que experimenta uma grande quantidade de novidades desde 2008, quando Curitiba começou a receber inovações gastronômicas”, destaca Baldini.

Comércio cervejeiro

A formação do MBA em Gestão Comercial Cervejeira é voltada para o comércio cervejeiro, que engloba pontos de venda, fábrica, logística, treinamento de pessoal entre outras áreas de atuação. “É algo que não é comum em outras pós-graduações e, principalmente, no lado socioambiental (entre ativos e passivos) que gera a produção cervejeira. Nosso diferencial está também na forma de ensino, na troca de experiências entre os professores, que também são profissionais do universo cervejeiro. Tudo isso é fundamental para olhar para a cerveja artesanal brasileira com olhos de empreendedores de sucesso. E nunca esquecendo que Curitiba é a cidade que mais possui receitas inovadoras e de alta qualidade”, define.

Para mais informações, acesse o site

Fonte: Paranashop – 29/11/2018

guia fornecedores