Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Apostando no crescimento do mercado regional, a pernambucana Frevo Brasil Indústria de Bebidas lançou em 29/7, na Bahia, a sua marca de cerveja voltada para o mercado do Nordeste. O produto teve sua comercialização iniciada nos pontos de distribuição em Pernambuco no segundo semestre do ano passado. Com a boa aceitação do produto pelo mercado a nova marca já ingressou na acirrada disputa das cervejas para conquistar o consumidor. De acordo com o presidente da empresa, Sidney Vanderlei, que investiu R$ 20 milhões para iniciar a produção, a cerveja Frevo está se tornando um dos mais bem-sucedidos ‘cases’ produtos do grupo. Agora, ações regionais estão sendo promovidas pela empresa para fortalecer a marca nos estados do Nordeste. "Estamos avaliando, inclusive, a possibilidade de ampliar o investimento na Bahia, iniciando a produção de cerveja no estado", antecipa o presidente da empresa, Sidney Vanderlei. O lançamento da cerveja Frevo no estado é fruto de parceria entre o grupo pernambucano e a Bahia PET, fabricante de pré-formas para bebidas carbonatadas e mais o Boteco do França, mais novo reduto da boemia baiana. "Estamos participando deste lançamento porque nosso objetivo é estimular o crescimento das marcas regionais", apoia o diretor industrial da Bahia PET, Roberto Carlos de Souza. A cerveja de Pernambuco que pretende conquistar o consumidor baiano está disponível em garrafas de 600 ml e latas de 350 ml. A Frevo Brasil Indústria de Bebidas, com sede no Recife, ocupa atualmente a segunda posição no mercado nordestino de refrigerantes, com 26,8% de participação, segundo dados do Instituto Nielsen de pesquisas. A região Nordeste é o segundo maior mercado consumidor de cerveja do Brasil, com 17,4% de participação, ficando atrás apenas da região Sudeste, que lidera o ranking com 57,5%. "Sentimos que havia espaço para uma marca regional", avalia Sidney Vanderlei. A empresa prepara agora a versão long neck da cerveja Frevo, que deverá ter consistência mais encorpada e graduação alcoólica mais elevada.

Fonte: Gazeta Mercantil do Brasil

guia fornecedores