Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Maratona terá como objetivo criar campanhas de comunicação para projetos  

A Ambev, dona de marcas como Skol, Antarctica e Brahma, e o Facebook realizam nesta quinta-feira, em São Paulo, um hackathon com o objetivo de desenvolver campanhas institucionais para seis startups de impacto social. As startups escolhidas são focadas em entregar soluções das áreas de educação, saúde, reformas habitacionais e auxílio a crianças. Os critérios de seleção foram o potencial de crescimento, maturidade do projeto e serem de diferentes setores.

A maratona vai contar com a participação de grandes agências de publicidade, como DM9, F/Nazca, Santa Clara e Weiden + Kennedy, em conjunto com times de áreas de negócios e inovações da Ambev e as equipes de Creative Shop. O formato que vai ser utilizado para o exercício é um processo criativo original do time de Creative Shop do Facebook, o Movefast Creativity.

 “Esse vai ser um momento de aquecimento para os programas que vamos desenvolver na Estação Hack, centro para inovação do Facebook que será inaugurado em São Paulo até o fim do ano”, explica Mauro Cavalletti, head de Creative Shop para o Facebook no Brasil. “Nossa missão fala sobre dar às pessoas o poder de criar comunidades e nós acreditamos que isso também é essencial na indústria, por isso levamos a colaboração tão a sério no Facebook”, detalha.

Os times da Ambev da área de inovação, marketing, sustentabilidade e tecnologia participarão da maratona para auxiliar com melhores práticas sobre como potencializar seu negócio ao ter uma boa estratégia de comunicação.

“Essas startups já possuem ideias muito bem estruturadas e com alto potencial de impacto na sociedade. Por isso, queremos dividir nosso conhecimento em gestão e comunicação para acelerar esse trabalho e dar mais abrangência ao negócio dessas empresas”, diz Bruno Stefani, gerente de inovação da Ambev. “Além disso, a promoção de hackathons é uma ótima maneira de nos manter próximos de gente boa, criativa e que nos ajude a tornar um mundo melhor”, completa o executivo.

A escolha desses projetos contou com o suporte da Artemisia, organização sem fins lucrativos pioneira no fomento de negócios, parceira do Facebook na Estação Hack.

Sobre a Estação Hack

A Estação Hack São Paulo será o primeiro centro para inovação do Facebook no mundo. O local abrigará diversas iniciativas, como um programa de aceleração de startups com potencial de alto impacto social que será implementado pelo Facebook em parceria com a Artemisia. Além disso, o espaço contará com cursos gratuitos de programação para jovens e workshops sobre empreendedorismo e planejamento de carreira. Ao todo, serão oferecidas bolsas a mais de 7.400 jovens e empreendedores brasileiros por ano nas áreas de programação, planejamento de carreira e gestão de empresas.

Sobre a Ambev

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, mais de 32 mil pessoas dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalham juntas para garantir momentos de celebração e diversão.

A Ambev é uma cervejaria inovadora, que busca sempre novos sabores e formas de surpreender seus consumidores. Além das melhores cervejas, o portfólio conta ainda com refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas como Antarctica, Brahma, Skol, Budweiser, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica e Do Bem.

Só em 2016, a cervejaria investiu cerca de R$ 2 bilhões no país. Mas também quer deixar um legado além dos investimentos. Para isso, conta com uma ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois a Ambev acredita que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

Fonte: Jornal de Brasília – 26/10/2017

guia fornecedores