Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

A Kaiser não está preocupada com o crescimento a qualquer custo de participação no mercado e buscará oferecer maior retorno aos seus acionistas. O presidente da segunda maior cervejaria do país, Robert Coallier, explica que a empresa busca construir uma base sólida para o seu crescimento. "Não estou preocupado se o market-share é mais baixo do que o do ano anterior. Estou preocupado em construir uma marca forte." Desde que a canadense Molson comprou a cervejaria em março de 2002 por US$ 765 milhões, a Kaiser encolheu: fechou quatro fábricas, demitiu mais de 500 pessoas, perdeu a liderança no maior mercado, a Grande São Paulo, e viu sua participação cair cinco pontos. Apesar de ter se recuperado um pouco, a Kaiser tem hoje 13,3% de mercado em volume, abaixo dos 17,2% que tinha quando a Molson a comprou, segundo a AC Nielsen.

Fonte: Valor Econômico - Empresas

guia fornecedores