Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

 

ambev brahma 28 07

Após registrar queda de 1,3% no volume de vendas de cerveja no Brasil no segundo trimestre, a Ambev lança nesta terça-feira, 22, a campanha “Brahma está aberta. Pode perguntar”. A ideia é aproximar os consumidores de uma das principais marcas da cervejaria tirando dúvidas pela internet.

De acordo com o diretor de marketing de Brahma, Pedro Adamy, a ação durará 15 dias. Durante esse tempo, mestres-cervejeiros estarão online para responder perguntas do público pelas redes sociais da marca, incluindo Facebook, Twitter e Instagram.

“O consumidor brasileiro está cada vez mais interessado em saber sobre a cerveja, então vamos colocar essa equipe para tirar dúvidas sobre ingredientes, produção e líquidos”, afirma o executivo.

Outra aposta, ele conta, serão os vídeos gravados em tempo real para responder algumas das perguntas dos consumidores.

O executivo não revela se pretende estender a ação ou se, no futuro, alguma outra marca da Ambev terá um projeto semelhante. A escolha da Brahma deu-se pelos mais de 130 anos de história e os oito tipos de cerveja disponíveis no mercado, além de ser um dos rótulos mais conhecidos da companhia.

Em julho deste ano, a Ambev também abriu as portas de sua fábrica em Jaguariúna (123 km de São Paulo) para visitação. Todos os sábados, dois grupos de 20 pessoas podem conhecer o local, entender como as cervejas são produzidas e fazer degustações.

Balanço

A Ambev segue penalizada pelo cenário econômico no Brasil. No segundo trimestre, apenas as marcas de cerveja artesanal da fabricante tiveram um desempenho positivo, de acordo com o último balanço da companhia. Com isso, o lucro líquido ajustado da Ambev no segundo trimestre foi de R$ 2,141 bilhões, 2,4% menor do que no mesmo período de 2016.

Fonte: O Estado de S.Paulo - 23/08/2017

guia fornecedores