Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Até 1989, 50 anos após sua fundação, a Schincariol não produzia cerveja. De lá para cá, porém, a empresa viu sua bebida ter um boom de crescimento. Em novembro de 2003, a Schincariol chegou à vice-liderança do mercado nacional de cervejas, com 15,2%, segundo pesquisa do Instituto AC Nielsen. Já são seis fábricas no Brasil e, recentemente, a empresa fez um investimento milionário no lançamento da marca Nova Schin.

Embaladas pela história de sucesso e crescimento da Schincariol, outras cervejarias de médio porte ou enfoque regional sonham aumentar sua participação no mercado. O grupo português Cintra, por exemplo, famoso pela água mineral em seu país de origem, também investiu em um parque industrial moderno em Piraí (RJ) para produzir a cerveja Cintra (2001/2002) e em Portugal, também passou a produzir cerveja.

A Cervejaria Teresópolis, da região serrana do estado do Rio, decidiu investir em cerveja em 2002, lançando sua marca Lokal Bier. A Cervejaria Teresópolis é uma divisão industrial da Bebidas Comary, conhecida por produzir compostos alcoólicos, como licores, conhaques, vinhos, batidas, entre outras bebidas.

“O Brasil, pelas grandes dimensões de seu território, permite que cervejarias regionais sejam fortes em sua área de atuação, com a conquista de um mercado consumidor fiel e vantagens econômicas, principalmente na questão da distribuição do produto, que fica mais fácil e barata”, ressalta Rogério Baldauf, diretor comercial da Krones do Brasil.

Fonte: Krones

guia fornecedores