Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

O Grupo Krones participa, entre os dias 4 e 10 de maio, em Düsseldorf, na Alemanha, da Interpack 2017, importante feira de negócios do setor de embalagens. Em seu estande, de número 14E33, a empresa vai apresentar a “House of Krones”, uma projeção virtual das principais áreas tecnológicas da companhia, como processos, sistemas de envase e embalagem, intralogística, entre outras.

Na área de tecnologia de máquinas, a Krones destaca, na Interpack, a embaladora Varioline, que se estabeleceu com muito sucesso no mercado mundial de enchimento. É frequente, na indústria de bebidas, por exemplo, a organização de garrafas individuais em embalagens multipack para, em seguida, colocar estas últimas em embalagens de venda ou secundárias. Nesse caso, é necessária a máxima flexibilidade.

Com o desenvolvimento da Varioline como solução flexível, a Krones encontrou a resposta certa para esta tarefa. Uma única máquina substitui até seis máquinas individuais convencionais com tecnologia de transportadores. Com a Varioline, é possível realizar processos de embalamento de até três níveis com apenas uma máquina. As consequências lógicas consistem na economia de espaço na instalação, em menores exigências de manutenção e em uma redução do número de operadores.

A Varioline consiste em três módulos, conhecidos como módulo de cartonagem, módulo de introdução e módulo básico, que podem ser combinados em uma via de embalagem individual. Essa estrutura modular proporciona flexibilidade também para o futuro. A máquina processa até 52.000 recipientes por hora.

A cervejaria belga De Brabandere é uma das mais de 30 empresas de enchimento que já tiveram experiências muito positivas com esta embaladora da Krones. Graças à Varioline, a cervejaria consegue processar até 34 embalagens diferentes – e isso em apenas uma única linha. Especialmente para exportação, a empresa precisa ter uma grande variedade de opções de embalagem.

O mestre cervejeiro Yves Benoit, da De Brabandere, mostra-se entusiasmado com a Varioline. “A máquina é perfeita para uma cervejaria da nossa magnitude: nós podemos realizar o fornecimento de nossos clientes de forma mais rápida. A qualidade da embalagem é maior e o embalamento automatizado é bem mais barato. Nós geramos uma pegada de CO2 menor, já que deixam de existir transportes intermediários para reembalamento. A Varioline pode ser rapidamente modificada para outros formatos. Essa linha nos permite agir de forma mais flexível, sobretudo em relação à embalagem final”, afirma Benoit.

Fonte: Krones – Março/2017

guia fornecedores