Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Preocupada com a sustentabilidade dos negócios de seus clientes, a Krones anuncia a entrada em funcionamento, no início deste ano de 2008, da primeira cervejaria no mundo a utilizar energia solar para a geração de energia térmica destinada aos processos de produção de cerveja. A solução foi proporcionada à cervejaria alemã Hofmühl.

Na primeira fase do projeto, foi construída uma planta termosolar com uma superfície coletora de 1.000 metros quadrados, que, posteriormente, será ampliada a 3.000 metros quadrados. A energia alternativa substituirá cerca de 60% do óleo combustível que, até então, era utilizado para a geração de calor.

A Krones ficou responsável por toda a parte de engenharia, pelo comando do processo e pelos coletores. O projeto contou com apoio do Ministério Federal do Meio Ambiente, Proteção à Natureza e Segurança dos Reatores. Com um campo de coletores de 1.000 metros quadrados, poderão se obter, na planta, cerca de 500.000 kWh de energia térmica por ano. Isso significa uma economia anual de mais de 55.000 litros de combustível. Com a energia solar, a emissão de gás carbônico pela Hofmühl será reduzida em, aproximadamente, 150 toneladas/ano.

A alta eficiência da planta termosolar da Krones resulta em modernos coletores tubulares de vácuo CPC, os quais aquecem a água do processo diretamente, a uma temperatura mínima de 130°C. Estes coletores alcançam o dobro do rendimento óptico dos coletores convencionais utilizados em residências.

Um segundo componente importante da solução da Krones é contar com plantas de baixo impacto em relação à utilização dos recursos naturais, como as inovações para a sala de cocção ShakesBeer, Pegasus, Stromboli, Merlin e VarioTherm (sistema de calefação para as lavadoras Krones). A otimização da energia permite uma gestão rentável e tecnologicamente inteligente de uma cervejaria.

A cervejaria aproveita a energia solar para o processo de maceração e de cocção do mosto, assim como para o abastecimento de água quente da lavadora de garrafas. Há ainda potencial para aplicação na produção de água para as caldeiras, calefação de prédios, limpeza CIP, no pasteurizador flash e também em lavadoras de caixas. Os respectivos pontos de utilização são integrados por meio de módulos em cascata no circuito da água na planta termosolar.

Após o investimento inicial, este tipo de planta permite manter os custos de energia em nível constante e, assim, com precisão de cálculos, um benefício de longo prazo. Podem-se ainda agregar outras vantagens, como ajudas econômicas do Estado, menores custos de proteção ao meio ambiente e criação de uma imagem muito positiva pelo consumidor, importante na decisão de compra de um produto.

Fonte: Krones News nº. 70 – 16/01/2008

guia fornecedores