Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Dos confins da Sibéria ao coração do Cerrado, uma cervejaria que desconhece fronteiras e limites

russian bear

Logomarca da Cervejaria Russian Bear (Imagem do Instagram oficial)

O próprio nome já inspira robustez e imponência. A Russian Bear (“urso russo”, em inglês) é uma cervejaria que veio para testar o mercado goiano e presenteá-lo com produtos que fogem do senso-comum.

Sem dúvida, uma das marcas registradas do mercado cervejeiro artesanal goiano é a criatividade  - vigorosamente impulsionada pelo nosso vasto patrimônio biocultural. Entretanto, nosso consumidor amplo ainda prefere cervejas mais tradicionais e “previsíveis”, que se assemelham mais àquelas que estavam acostumados a consumir. Essa cervejaria nasceu justamente para questionar essa realidade e nos desafiar a sair de nossa própria zona de conforto.

A dupla de Daniels

A Russian Bear é atualmente composta por dois integrantes: Daniel Lell Natal (o “Russo”), cervejeiro e Sommelier responsável pela produção, e Daniel Scodro, responsável pela parte administrativa do negócio. Daniel Lell é Farmacêutico-Bioquímico; Sommelier de Cervejas pela Doemens Akademie (Munique — Alemanha); Especialista em Cervejas não convencionais e Mestre em Estilos pela Escola Superior de Cerveja e Malte (Blumenau — SC); e membro do Musée Bruxellois de la Gueuze (Bruxelas — Bélgica). Daniel Scodro é graduado e pós-graduado em Administração — sem formação cervejeira, apesar de também ser grande entusiasta do assunto. Além da cervejaria, a dupla é fundadora da primeira escola de cerveja do Centro-Oeste (a Escola Bräuhaus, localizada em Goiânia — GO).

russian bear

Da esquerda para a direita, respectivamente, Daniel Scodro e Daniel Lell Natal (Imagem do Instagram oficial)

Daniel Lell é cervejeiro caseiro há cerca de 10 anos e juiz BJCP  -  Certified. Com o grande boom que o mercado de cervejas artesanais tem vivido nos últimos anos aqui no Brasil, sendo Goiás o sétimo maior mercado nacional, a dupla decidiu que já era hora para lançarem sua própria marca. O nome e a imagem da Russian Bear foram inspiradas em seu cervejeiro e na paixão por sua terra natal — apesar de ter residido a maior parte da sua vida em Goiás, Daniel Lell nasceu na Rússia, fato que lhe conferiu o apelido de “Russo”. De fato, o porte físico de Daniel nos remete a imagem de um “ursão” pardo — figura icônica da fauna russa.

russian bear

Daniel Lell e família torcendo para a nação-sede da Copa do Mundo de 2018 (Arquivo de O Popular)

O que temos para hoje e o que teremos para amanhã

Atualmente, a cervejaria conta com uma produção média de 3.000 Litros por mês. A produção, que é cigana, se iniciou nas instalações da cervejaria Cavalo Louco e hoje é feita na cervejaria Klaro. Por enquanto, a Russian Bear conta oficialmente com um único rótulo, a Hoportunity, lançada no início de 2018. O segundo rótulo já foi disponibilizado on tap na Escola Bräuhaus, cujos proprietários são os mesmos da Russian Bear, e trata-se de uma Brut IPA colaborativa com a cervejaria Lola — que será lançada oficialmente neste mês de março. Já estão confirmados mais dois lançamentos para esse semestre, sendo mais uma colaborativa dentre elas: 1) uma Sour com adição de cajazinho ou taperebá, fruto típico de Goiás, em parceria com a cervejaria Cachalote, lançamento previsto para abril; 2) uma Imperial Kvass, uma cerveja feita para imitar o sabor de uma bebida russa fermentada a partir do centeio, com lançamento previsto para meados de junho. Além dessas receitas, a Russian Bear planeja lançar uma série de cervejas envelhecidas em barris de cachaça — cerca de 10 novos rótulos só nessa série. De acordo com Daniel Lell, a cervejaria pretende ter planta própria assim que atingir uma litragem que viabilize o negócio (cerca de 12 a 14 mil litros mês).

russian bear

Cervejeiro da Russian Bear adicionando lúpulo a sua produção (Imagem do Instagram oficial)

“A cervejaria continuará cigana por um tempo, até atingir uma litragem aproximada de 12 a 14 mil litros por mês” (Daniel Lell Natal)

A Hoportunity

russian bear

Primeiro rótulo da Russian Bear: a Hoportunity! (Imagem do Instagram oficial)

Primeiro e, até o momento, único rótulo oficialmente lançado da Russian Bear, a Hoportunity é uma American IPA que não se passa despercebida! Além dos insumos nobres escolhidos a dedo pelo seu mestre-cervejeiro, a cerveja é produzida com o emprego de uma técnica inovadora conhecida como Cryo Hops — uma técnica de extração de lupulina por criogenia, propiciando uma extração mais eficiente de aromas e sabores da flor queridinha dos cervejeiros (o lúpulo). Por essa razão, a cerveja apresenta intensos aromas florais e cítricos, provenientes dos lúpulos americanos que passaram pelo método de extração supracitado. No paladar, sentem-se o amargor (68 IBU) e a potência alcoólica (6,3% ABV) em perfeita harmonia com a sensação de corpo moderada e com o final seco: uma cerveja intensa, porém muito equilibrada — um verdadeiro espetáculo para as papilas gustativas dos apaixonados por IPA.

Particularmente, estou ansioso pelos próximos lançamentos da Russian Bear. A Hoportunity foi uma cerveja que me impressionou bastante e tem feito muito sucesso nos PdVs onde passa. Para mais informações, dúvidas ou informações, fique ligado nos contatos dos sócios e no Instagram oficial da cervejaria:

Instagram: https://www.instagram.com/russianbearcervejaria/

Daniel Lell Natal: (62) 9.9296–3896

Daniel Scodro: ‎(62) 9.8268–1514

 

Fonte: Cinema e Cerveja – 12/03/2019

guia fornecedores