Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

botafogo walfanger

Fundado em 12 de outubro de 1918, o Botafogo de Ribeirão Preto, um dos mais tradicionais clubes do interior paulista, comemora os seus cem anos de fundação com um traço inventivo mesmo para quem possui tanta história. O clube passou recentemente a ser patrocinado pela Walfänger, em uma rara parceria entre um clube de futebol e uma cerveja artesanal.

“Somos a primeira cervejaria artesanal do país a patrocinar um time de futebol e, para nós, é um motivo de muito orgulho esse pioneirismo, pois acreditamos que precisamos valorizar e apoiar o que é da nossa terra”, diz Raoni Balieiro, sócio-diretor da Cervejaria Walfänger em entrevista ao Guia da Cerveja.

A Walfänger foi inaugurada em junho de 2015, em Bonfim Paulista, um distrito de Ribeirão Preto, e produz cervejas artesanais tendo como base a Lei de Pureza Alemã de 1516, na qual só é permitida a utilização de água, malte, lúpulo e levedura.

A assinatura de um acordo com o Botafogo significa o surgimento da união entre um clube centenário a uma cervejaria que dá passos iniciais, mas firmes, no mercado.  Prova disso é a expectativa criada de que a Walfänger passe a atingir um público ainda maior na região de Ribeirão Preto a partir do contato direto com o torcedor do Botafogo.

“(Podemos) Difundir ainda mais a cultura da cerveja artesanal na cidade, pois estamos em parceria com um grande time local. É a oportunidade de muitas pessoas que ainda não conhecem ou não tiveram a possibilidade de experimentar uma cerveja artesanal puro malte passe a conhecer o produto”, afirma Raoni.

Isso ficou claro a partir de um dos vários aspectos da parceria: o lançamento de um rótulo comemorativo ao centenário do clube, inicialmente com mil unidades de garrafas de 500 ml. Mas a venda do primeiro lote em apenas 48 horas levou a cervejaria a lançar outras mil garrafas da cerveja Botafogo ao público e que podem ser adquiridas através do site da Walfänger.

Trata-se de uma German Pilsner, sendo uma puro malte de corpo leve e refrescante. A cerveja tem cor dourada, espuma branca persistente e cremosa, apresenta equilibrado amargor e aroma lupulado floral originário da mais alta qualidade de lúpulos nobres alemães, segundo as informações divulgadas pela Walfänger. E sua graduação alcoólica é de 4,8%, com 22 de IBU. O rótulo conta com a ilustração de uma pantera, a mascote do clube.

“Fizemos um rótulo moderno com tecnologia de realidade virtual. Esses cuidados na hora de elaborar e desenvolver cada projeto valoriza ainda mais o produto, pois o torcedor, além de degustar a cerveja, guarda todo tipo de material de seu time com o mesmo carinho que produzimos nossas cervejas”, explica Raoni.

Além da produção da cerveja do centenário do Botafogo, a parceria tornou a Walfänger a cerveja oficial do estádio Santa Cruz, sendo fornecida nos seus bares a partir de 2019, com a venda do seu chope, permitindo ao torcedor consumir uma bebida diferenciada e de qualidade enquanto se diverte e acompanha seu time.

Esse acordo coincide com o processo de modernização do estádio, que, entre outras novidades, passará a contar com um bar exclusivo da cervejaria, dando mais uma opção gastronômica e de lazer ao torcedor. Além disso, estão sendo construídos espaços para shows e eventos.

“O clube buscava uma cervejaria para patrocinar a nova arena e o time, os dirigentes estavam em contato com outras empresas e nos procuraram também com uma proposta. Estudamos a viabilidade de abraçar o projeto porque tínhamos muito interesse em ter o nosso produto junto a uma marca e um time com o potencial do Botafogo. Os dirigentes do clube entenderam nossa proposta de parceria e compraram a ideia de oferecer um produto de qualidade, uma cerveja artesanal puro malte no estádio para seus torcedores”, explica Raoni.

De propriedade do Botafogo, o Santa Cruz possui capacidade para cerca de 30 mil torcedores, já tendo recebido partidas de peso histórico para o futebol paulista. Foi assim em 1995, quando sediou os dois jogos da final do Estadual, conquistado pelo Corinthians na prorrogação da partida decisiva.

Seis anos depois, o protagonismo corintiano se repetiu, no primeiro confronto da decisão do Paulistão, vencido por 3 a 0 – um empate por 0 a 0 selaria o título do clube no Morumbi. E seu adversário era exatamente o Botafogo, que, em um dos maiores momentos da sua história, foi vice-campeão estadual.

Agora, então, o Santa Cruz está sendo modernizado, com o apoio e a participação da Walfänger. E em um novo momento de êxito esportivo do Botafogo, que em 2018 se colocou entre os melhores times do Paulistão e, principalmente, conseguiu o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. E a celebração do centenário e os bons resultados recentes do Botafogo trazem à tona a memória de outros momentos marcantes da história do clube.

Entre eles, está o surgimento para o futebol de Sócrates, falecido há sete anos. O “Doutor” ainda era um estudante de medicina quando deu seus primeiros passos pelo clube, atuando ao lado de nomes como Geraldão e Zé Mário, já exibindo o talento que o fez disputar duas Copas do Mundo pela seleção e também carregando os pensamentos e a formação que o levariam a liderar a “Democracia Corintiana”, um movimento que levava a política para dentro de campo não por oportunismo, mas pela necessidade de mudança e luta por ideais.

Assim, misturando a história centenária do Botafogo, a exigida modernidade de se repaginar um estádio para torná-lo um modelo de negócios mais rentável e a jovialidade e inventividade de uma cervejaria fundada em 2015, a Walfänger enxergou a chance de expansão das artesanais. E isso em Ribeirão Preto, uma cidade muitas vezes vistas como sinônimo de cerveja e chope.

“É uma oportunidade de falarmos de um produto diferenciado para um público diversificado porque, geralmente, o cervejeiro artesanal fala muito do seu produto para quem já é do meio e uma parceria como esta nos proporciona um relacionamento mais próximo com um público composto por pessoas que não conhecem o produto e seu mercado. É uma nova forma de divulgar o mercado cervejeiro de qualidade para um público com muito potencial”, conclui o sócio-fundador da Walfänger, que também produz a Cerveja 12, linha de cervejas do ex-goleiro Marcos, pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002 e ídolo histórico do Palmeiras.

Fonte: Guia da Cerveja – 07/12/2018

guia fornecedores