Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

 

cerveja pegar no meio cervesia

Se você quer saber o porquê da cerveja congelar é só você lembrar da famosa frase: NO MEIO NÃO! É dita por muitas pessoas que certamente preferem beber a sua cerveja liquida e não solida, e graças aquela mãozinha apressada que abre o freezer e pega a cerveja no meio, o nosso liquido sagrado se torna solido ou uma raspadinha de cerveja.

Tudo isso acontece porque as moléculas estão reagindo a uma nova substância (nesse caso o calor das suas mãos), e essa reação super mal da cerveja, faz com que ela passe de liquida para solida, nada legal! Mas as garrafas de cervejas não as únicas que possuem essas moléculas que fazem o congelamento instantâneo.

Os sucos, refrigerantes ou mesmo latinhas de cerveja, elas costumam ser armazenadas em lugares que marcam menos de 0º – é essa exigência por uma loira tão gelada que a deixa sempre a perigo.

Entendendo a pegada correta da cerveja

  1. Abaixo de zero
    Se a cerveja é feita de 90% de água, deveria congelar em uma temperatura negativa, não? Ou aquele -5º do freezer do bar é só decoração? Calma, não estão enganando você. Acontece que, por ficarem paradinhas dentro da garrafa, as moléculas “esquecem” de virar cristais de gelo. Aí vem a sua mão quentinha para lembrá-las.
  2. Mão boba
    Quando você encosta na garrafa, sua mão esquenta o vidro, o que não é nada bom. Há duas opções melhores: pegar pelo gargalo, onde não há contato com o líquido, ou pela parte de baixo, onde o vidro mais grosso funciona como isolante, dificultando o congelamento.
  3. Estupidamente gelada
    O gás carbônico presente na cerveja se solta das paredes da garrafa, causando uma agitação interna. Um único cristal se forma, e vai dando origem a muitos outros, que originam outros… que transformarão toda a água em gelo.

Se você estiver em um bar e quando o garçom servir a cerveja no seu copo e ela começar a congelar, pode pedir para trocar, porque isso é um erro do estabelecimento, onde o mesmo deve conferir a temperatura da cerveja que irá servir, e isto pode ocorrer pois no choque com o copo em temperaturas mais altas, a cerveja tende a formar aqueles cristais e congelar.

Mas relaxa e se acalma: não precisa começar a beber cerveja quente, cada estilo de cerveja requer uma temperatura correta para sua degustação – vide as cervejas artesanais -, e cerveja estupidamente gelada só fará com que você esteja se refrescando e deixando de lado a experiência de degustar uma boa cerveja.

Quando a bebida esta abaixo dos 2 graus Celsius, ela amortece nossas papilas gustativas e impede que sintamos o gosto da cerveja que tomamos.

Então não se esqueça: NO MEIO NÃO! Pegue sempre pelo gargalo.

Fonte: Etílicos – 03/01/2018

guia fornecedores