Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Levantamento inédito com dados da FGV e do IBGE revela números positivos para o setor

Nesta sexta-feira (1/08), comemora-se o Dia da Cerveja. Quem tem muitos motivos para celebrar a data é justamente o setor responsável por fabricar a bebida. Ele está no meio de uma cadeia que vai do agronegócio ao pequeno varejo, passando pelos mercados de embalagens, logística, maquinário e construção civil.

Um levantamento inédito feito pela Cervbrasil (Associação Brasileira da Indústria da Cerveja) com informações da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a indústria cervejeira gera mais de dois milhões de postos de trabalho em todo o país. Confira outros números do setor:

1. O número de brasileiros que trabalham na cadeia produtiva da cerveja é o equivalente a empregar quase toda a população do Mato Grosso do Sul.

2. A cadeia produtiva da bebida paga R$ 21,6 bilhões em salários por ano em todo o país. É um valor maior que o destinado ao Bolsa Família em 2013, que foi de R$ 20,6 bilhões.

3. Só na região Sudeste, mais de 1 milhão de pessoas estão empregadas em função da indústria cervejeira, quase a população da cidade de São Luís, no Maranhão.

4. O índice de emprego em cervejarias tem aumentado acima da média geral da indústria. Dados do Caged, de 2009 a 2014, revelam que o aumento médio de trabalhos em fábricas de malte, cerveja e chope foi de 5,4%, enquanto o índice geral melhorou 2,1%.

5. No Nordeste, as cervejarias representam 20% de toda a indústria de transformação da região. Nacionalmente, a representatividade é de 12%.

6. De acordo com a FGV, para cada emprego gerado em uma cervejaria, outros 50 são criados em toda a cadeia produtiva.

Fonte: Época Negócios Online – 01/08/2014

guia fornecedores