Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

carreira ideias 22 01 1

Chefes visionários, que aparecem com ideias novas a cada momento, não são fáceis de lidar. Apesar do ânimo e entusiasmo motivarem a equipe a continuar inovando, por vezes a rotina pode se tornar cansativa. Prioridades que mudam a toda hora deixam qualquer profissional confuso. Também não é simples ver pessoas cheias de ideias, mas que nem sempre gostam de colocar a mão na massa e executá-las.

Por isso, o ideal é encontrar o equilíbrio entre incentivar novas ideias e pedir calma nas horas certas.

Elizabeth Grace Saunders é coach de gestão de tempo e especialista na questão. Em artigo publicado na Harvard Business Review, ela discutiu o tema e deu dicas para quem se vê nesse tipo de situação e não sabe o que fazer.

Abaixo, confira algumas recomendações de Elizabeth para você lidar com um chefe cheio de ideias:

Respeito

Um cuidado que os funcionários devem tomar é o de não começarem a desprezar a iniciativa do seu superior. Não é incomum quem pense que o chefe fala muito e faz pouco. Por isso, é importante parar e analisar as características e qualidades de cada um. Se a chefia aparece com uma ideia diferente a cada 5 minutos enquanto você se considera uma pessoa de atitude, talvez o ideal seja respeitar as diferenças e aproveitar as habilidades complementares.

Nem tudo precisa sair do papel

Se o seu chefe pensa em “100 ideias antes do café da manhã”, saiba que dificilmente ele vai conseguir acompanhar tudo que sugere. Por isso, coloque algumas delas em um termo que Elizabeth chama de “estacionamento” – ou uma pasta de e-mail para deixar o que provavelmente não vai dar em nada. Assim, você não descarta a ideia de uma vez, mas também não perde muito tempo com ela.

Argumente

Também não é incomum que os chefes esqueçam que a sua criatividade toma tempo. Por isso, Elizabeth indica que os funcionários usem como argumento o quanto tempo determinadas tarefas levariam para ser executadas. Quando a pessoa faz isso, as chances da ideia cair aumentam, pois o chefe verá os reais custos da iniciativa.

Seja um porto seguro

Para a especialista, chefes assim são mais distraídos do que parecem. Por isso, indica que os funcionários se transformem em um tipo de “porto seguro” dos seus superiores. Um dica da coach é convocar reuniões mensais ou trimestrais com seu chefe para definir as prioridades da empresa.

Fonte: Época Negócios - 22/01/2019

guia fornecedores