Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

MUITOS ACHAM BOBAGEM, MAS O ACONSELHAMENTO DE UM PROFISSIONAL DE PSICOLOGIA TAMBÉM TORNARÁ A TRANSIÇÃO DE CARREIRA MENOS TRAUMÁTICA POSSÍVEL

A falta de perspectivas, crescimento profissional e visão do futuro faz com que muitos profissionais fiquem desmotivados e pensam em realizar uma transição de carreira. Pode parecer fácil, simplesmente procurar outra área de interesse e se aventurar, mas na opinião do coach e consultor de carreira Emerson Weslei Dias, é importante fazer uma reflexão sobre o que levou a desmotivação antes de jogar tudo para o ar.

Dias explicou que a primeira coisa a ser feita nesses momentos é encontrar o motivador dessa mudança de carreira. “Ter isso bem claro é muito importante, pois ajuda a montar um planejamento para a transição. Uma mudança não pode acontecer só porque “encheu o saco”, é preciso investigar se não é apenas uma fase ruim na carreira atual, ou ainda um mau relacionamento com as pessoas e com a organização onde se está”, diz.

PESQUISE ANTES

Após identificar a raiz do problema e da insatisfação, Dias explica ser necessário pesquisar e entender sobre o novo setor que pretende atuar.   “Mudanças sem rumo não tem muita garantia de sucesso. Quando você estrutura a mudança, tem chances de ir avaliando ao longo do tempo se é lá mesmo que você quer estar”, afirma.

Outra medida a ser tomada por quem quer investir em uma nova carreira e se preparar financeiramente, já que a nova empreitada vem acompanhada de um cargo menor, como profissional júnior e salário também. O coach fala que esse processo de mudança é de curto prazo, cerca de dois, e fazer uma reserva financeira é fundamental.

Muitos acham bobagem, mas o aconselhamento de um profissional de psicologia também tornar a transição de carreira menos traumática possível. “A incerteza sobre quanto tempo pode demorar a ter novamente uma estabilidade e um bom rendimento pode demandar muita energia física e mental. O apoio de um médico ou psicólogo pode ser útil nesse momento”, sugere Dias e completa ao afirmar que ter o auxílio de um coaching de carreira também é uma boa medida neste período transitório.

Emerson Weslei Dias listou algumas ações que devem ser tomadas antes da decisão de investir em uma nova carreira; veja:

– Tire férias ou alguns dias de descanso para ter certeza de que a insatisfação não é apenas cansaço;

– Liste seus hobbies e algumas carreiras que mais lhe agradam;

– Converse com pessoas que já atuam na nova área pretendida e pesquise para saber das reais condições de trabalho;

– Leia histórias inspiradoras de pessoas que mudaram de vida;

– Não haja com impulso. Caso esteja certo da decisão, faça um planejamento;

– Não pense na idade como um fator limitante. Nunca é tarde para mudar de carreira.

Fonte: Economia – iG

guia fornecedores