Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

A partir do dia em que você abre as portas pela primeira vez, assume também uma enorme responsabilidade pela integridade física de seus clientes e funcionários. Um acidente ou ferimento, além do fato em si, pode gerar pedidos de indenização vultuosos e séria ameaça à própria sobrevivência do negócio.

Mas nesta matéria, vamos falar daqueles relativos aos clientes – os funcionários merecem uma abordagem específica, visto que dizem respeito ao ambiente de trabalho.

Restaurantes, bares e quaisquer outros estabelecimentos de alimentação têm o compromisso de cuidar dos clientes em todos os sentidos, mantendo o local limpo, higienizado, seguro, e com uma equipe eficiente, treinada para manter estas condições ao longo de todo período de funcionamento.

E, para que você possa rememorar alguns pontos críticos, fiz um levantamento de alguns perigos que fazem parte do dia a dia de um restaurante e que, com cuidado, podem ser evitados:

  • Falta de acesso adequado para deficientes.
  • Cadeiras ou bancos defeituosos, que podem causar quedas e sérias lesões.
  • Queimaduras causadas por garçons/garçonetes que deixam cair alimentos ou líquidos quentes sobre os clientes.
  • Piso da entrada úmido/molhado causado por clientes que entram com os pés molhados e não têm local para secar os calçados.
  • Objetos pontiagudos expostos sem proteção.
  • Elementos de decoração ou itens decorativos como garrafas de vinho, molduras, mal fixados e que podem cair a qualquer momento.
  • Prateleiras sobrecarregadas e vitrines com vidros trincados.
  • Banheiros com piso molhado gerado por vazamentos e falta de limpeza/manutenção regular.
  • Instalações para troca de fraldas improvisadas e sem segurança.
  • Falta de limpeza do piso do salão, com detritos que podem causar escorregões e quedas.
  • Carpetes ou tapetes mal fixados, e/ou com pontas dobradas.
  • Escadas sem corrimão, degraus sem sinalização e piso irregular.
  • Falta de saídas de segurança com sinalização adequada.
  • Piso do estacionamento molhado pode causar escorregões e quedas, ou ainda derrapagem de automóveis com avarias e danos pessoais.
  • Manutenção inadequada, ou inexistente, da área externa, como calçadas, entrada, estacionamento.
  • Gerentes e supervisores sem preparo adequado, e conhecimento para lidar com situações potencialmente perigosas.
  • Equipe sem treinamento, operando equipamentos perigosos ou realizando tarefas de risco perto de clientes ou na área do salão.
  • Falta de uma brigada de emergência treinada para lidar com os mais diversos tipos de acidentes.

Enfim, estas são algumas das situações de risco potencial de um restaurante, que podem gerar cortes, contusões, e lesões que podem causar incapacitação permanente, ou perigo de morte.

Faça uma revisão geral destes e de outros pontos que mereçam sua atenção. Seus clientes merecem um ótimo serviço, comida de qualidade e segurança, ao frequentar seu estabelecimento.

E, além destes cuidados, pense seriamente em fazer um seguro de acidentes que englobe todas as possibilidades e traga mais tranquilidade para sua gestão, sem se esquecer dos conselhos acima.

Fonte:  Blog do Banas – 08/01/2017

guia fornecedores