Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Começo este texto com uma dúvida, estamos preparados para impactar e mais ainda adequar nosso trabalho, saber vender nossas expertises pelo digital?

Sabemos entrar na cabeça do usuário e prever o que ele ama, antes mesmo do que ele expresse?

Várias dúvidas e uma única resposta - 2018 está chegando, e as mudanças são reais e fortes. Vou apresentar alguns conceitos, insigths para que sua marca consiga criar o sucesso com o seu público:

  1. O marketing de influência continua a ser uma estratégia útil.

Quase 95 por cento dos profissionais de marketing que usam uma estratégia de marketing influenciadora acreditam que é eficaz. Marcas interessadas em se conectar com as perspectivas através das mídias sociais continuarão a se transformar em marketing influenciador. Influenciadores criam conteúdo atraente que parece ser orgânico em muitos casos.

  1. Os consumidores esperam ainda muito mais das marcas. ("Entrega de 1 hora" torna-se a guerra maior)

Graças a uma confluência de serviços, os consumidores terão maiores expectativas das marcas de todos os tipos, e o fator principal será o customer experience. Os assistentes de voz, a entrega de 1 hora e o conteúdo sob demanda significarão que os profissionais de marketing B2C e B2B devam encontrar novas maneiras inovadoras de encantar os clientes potenciais e clientes com um serviço quase instantâneo.

  1. A pontuação preditiva de leads faz com que os profissionais de marketing repensem o rooteamento principal.

Usando a pontuação de liderança preditiva, o marketing pode identificar as perspectivas que são mais susceptíveis de converterem os clientes. Tudo o que é necessário é um endereço de e-mail, e uma ferramenta de rastreamento como o Google Analytics para a web procurando sinais de compra. Os leads são classificados para que apenas as pessoas mais qualificadas sejam passadas para as vendas.

  1. O LinkedIn vê uma nova vida entre o marketing e o B2B.

O LinkedIn fez uma série de grandes melhorias na sua plataforma. Uma atualização do site atualizou a interface de usuário do LinkedIn em 2017. A plataforma também viu boas melhorias na plataforma de anúncios do LinkedIn. Graças a estas e outras mudanças, o marketing B2B irá utilizar o LinkedIn mais ainda, se for sábio, no próximo ano. (Olhe já para o Linkedin-go-Live)

  1. O Instagram torna-se um canal mais valioso do que o Facebook.

O Instagram está crescendo a uma taxa incrível. Em 2017, o Instagram anunciou que cerca de 800 milhões de pessoas utilizaram a plataforma a cada mês. Sua última ferramenta, Instagram Stories, tornou-se mais popular que o Snapchat em menos de um ano depois de entrar em operação.

Como as marcas tendem a ver um melhor envolvimento no Instagram do que qualquer outra plataforma de redes sociais? Por causa de grandes controles de publicidade, o Instagram está pronto para se tornar o canal para marcas interessadas no marketing de redes sociais.

  1. A proteção de privacidade.

Houve uma série de violações de dados de alto impacto com os perfis nas Redes Sociais em 2017. A segurança cibernética teve um impacto considerável em muitos aspectos do nosso mundo. Avançando, os consumidores começarão a favorecerem produtos-aplicativos que protejam sua privacidade.

Fonte: Administradores – 23/11/2017

guia fornecedores