Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Sem dúvidas, seja qual for o ambiente, manter um ritmo de crescimento é desafiador

Vejo diariamente o empenho de diversos CEOs na tentativa de projetar a empresa ao sucesso, ou à maior rentabilidade em um cenário de recessão, como o que atravessamos. Sem dúvidas, seja qual for o ambiente, manter um ritmo de crescimento é desafiador. Uma estratégia bem definida a respeito de qual caminho percorrer é extremamente importante para não falhar nas ações.

Manter a liderança e o controle das iniciativas pode parecer complicado. Felizmente, os líderes mais bem-sucedidos em nossas áreas de atuação têm disponibilizado dicas importantes que nos auxiliam a trilhar essa jornada desafiadora. É fato concordar que nem os mais experientes profissionais do mercado possuem todas as respostas, mas sim ideias valiosas sobre alguns critérios-chave que podem impulsionar a empresa ao sucesso. Separo algumas dicas que considero importante:

Seja curioso e crie aberturas

Para quem deseja alavancar os resultados da empresa, é importante estar atento às novas oportunidades, o tempo todo. Junto a isso, crie aberturas para a inserção de novas ideias na companhia, seja responsável por promover ambientes de troca de experiências. A curiosidade é um componente-chave da liderança de sucesso.

Pensamento de longo prazo

Há um traço que é particularmente interessante para propiciar o sucesso de uma companhia: pensar no futuro. Isso parece bastante óbvio quando se trata de projetos ou iniciativas, mas ainda é pouco utilizado quando falamos de sucessão. Há uma pergunta essencial que deve ser sempre feita: como você gostaria que a empresa estivesse daqui a meio século? Embora um CEO não vá ficar no mesmo cargo durante todo esse período, alguém vai ocupar sua linha sucessória. Encoraje sua equipe a pensar em longo prazo. Faça esse exercício.

A inteligência emocional

Já ouvi em diversas ocasiões que os executivos são notórios por sua falta de inteligência emocional. O ego, a esperteza e a falta de tato com as pessoas podem provocar um efeito decadente para a carreira e, em longo prazo, para a empresa. Mudar esse comportamento é uma oportunidade de auxiliar a companhia a aumentar os níveis de estabilidade. Reconheça os sentimentos de sua equipe, valorizando cada membro e dando mais atenção às suas próprias emoções pessoais em uma tentativa de manter uma atitude positiva. Isso fará a diferença no dia a dia da companhia.

Seja versátil e flexível

O mundo corporativo está sujeito a oscilações a todo o tempo. Fatores externos impulsionam a empresa ao sucesso ou ao declínio, a instabilidade é sempre próxima e, portanto, é mais do que importante que o executivo seja flexível a mudanças. A versatilidade de mudar a rota do negócio também é vital para se adaptar de forma criativa e eficaz aos novos desafios.

Fonte: Newtrade, por Magui Castro, sócia da The Caldwell Partners no Brasil – 13/06/2016

guia fornecedores