Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

 

O mercado das micro e pequenas empresas oferece potencial para a realização de bons negócios com risco controlado. A conclusão é de um estudo da Serasa Experian que leva em conta 200 mil micro e pequenas empresas, apresentado ontem (terça-feira – 21/03), na Feira do Empreendedor Sebrae 2017, em São Paulo, durante a palestra “A Cultura de Crédito nas Empresas”.

Se levarmos em conta as empresas com receita líquida até R$ 1,2 milhão, o percentual das que estão aptas para a realização de negócios, como compra, venda e financiamentos, com riscos que variam de mínimo a moderado, é de 62,0%. Nas empresas com entre 1,2 milhão até R$ 3,6 milhões, o percentual é ainda maior: 72,1%. O risco é medido pelo percentual de probabilidade de inadimplência dessas empresas nos próximos seis meses, de acordo com dados da Serasa Experian. Confira os dados na tabela abaixo:

“Com boas soluções de análise do risco, investir em negócios com empresas de pequeno porte pode ser vantajoso”, explica Victor Loyola, vice-presidente de pessoa jurídica da Serasa Experian. Ele afirma que fatores como o ingresso recorde de investimentos estrangeiros, melhora dos indicadores de inflação e juros têm apontado para um cenário mais otimista para essas companhias. “Outros pontos como a liberação das contas inativas do FGTS, por exemplo, também têm impacto positivo no cenário das MPEs nos próximos seis meses”, diz.

A Serasa Experian possui soluções para mensuração do risco em todas as etapas do ciclo de crédito, tanto para consumidores como para empresas, contribuindo para o desenvolvimento de uma economia sustentável. Durante a Feira do Empreendedor, além de duas palestras, a Serasa ofereceu também consultoria gratuita aos empreendedores sobre vendas à prazo, atendendo pessoas interessadas em iniciar um negócio ou melhorar a sua empresa. No estande da empresa foram apresentadas soluções voltadas para as micro e pequenas empresas, como certificado digital (e-CNPJ), serviços para avaliação de concessão de crédito e marketing.

Fonte: New Trade - 22/02/2017

guia fornecedores