Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Mais uma receita do chef Juliano Caldeira e sua proposta para harmonização com cerveja. Peito de pato com damasco

Por: Juliano Caldeira

Ingredientes:

  • 300 g peito de pato inteiro
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 1 ramo de tomilho
  • 1 colher (chá) manteiga

Modo de preparo:

Faça cortes na pele do peito de pato, tempere com sal e pimenta.

Aqueça uma panela com fio de óleo e 1 colher de manteiga, coloque o peito de pato inteiro com a pele virada pra baixo, coloque o tomilho e deixe 5 minutos de cada lado. Se gostar da carne mais passada, leve ao forno por 10 minutos 180º.

Deixe descansar por 5 minutos e depois corte em fatias.

Ingredientes molho de damasco:

  • 100 g damasco seco picadinho
  • 100 ml vinho branco
  • 100 ml água
  • 1 colher (café) maisena dissolvida na água
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Páprica picante a gosto
  • 3 gotas de pimenta tabasco
  • 1 colher (chá) de mel

Modo de preparo:

Deixe o damasco hidratando no vinho e água por 20 minutos. Aqueça uma panela e coloque os damascos com o líquido. Acrescente os demais ingredientes e mexa bem por 10 a 15 minutos. Caso o líquido seque, pode acrescentar um pouco de água quente.

Se preferir um molho com mais pedaços, pode servir. Caso prefira um molho liso, bata num mixer ou liquidificador por 3 minutos.

Sirva com arroz branco ou cuscuz de legumes

Harmonização:

cerveja falke monasterium

A dica de estilo da Cerveja de hoje é a BELGIAN TRIPPEL:

Cerveja de corpo médio, muito carbonatada, com o colarinho denso, podendo variar da cor amarelo claro ao dourado, é uma cerveja que tem como protagonistas o malte e a levedura. Com notas frutadas, que podem trazer aromas que vão desde banana, pera, damasco, melão e laranja, e condimentadas que remetem a cravo e pimenta. O malte contribui dando um toque sutil de mel e cereais. O final pode variar de suavemente doce à seco, com um evidente aquecimento alcoólico. Teor alcoólico variando entre 7 e 9%. A maioria das versões tem pelo menos 30 IBU e são muito secas. Tradicionalmente acondicionadas em garrafas e refermentadas na garrafa.

Harmonização:

É uma cerveja versátil para criar harmonizações. No nosso prato, a picância do molho vai combinar com as notas condimentadas da cerveja, potencializando ainda mais o sabor dos dois. A sensação de ardência será atenuada pelo forte teor alcoólico, o que também ajudará a reduzir a sensação de untuosidade da gordura do pato.

A dica de hoje é a Cerveja Falke Tripel Monasterium, uma cerveja de alta fermentação, não filtrada, refermentada e gaseificada na própria garrafa, o que garante sua estabilidade e maior durabilidade com relação às outras cervejas. Poderá ocorrer depósito de levedo no fundo da garrafa. Fabricada pela mineira Falke Bier, uma cervejaria familiar com objetivo de produzir cerveja, de maneira que ela se tornasse uma paixão, não um produto. Uma bebida com qualidade, com história, com personalidade é apenas consequência do envolvimento diário das pessoas que formam a Cervejaria Falke com o seu objeto de desejo.

 

Fonte: Territórios Gastronômicos – 25/04/2021

guia fornecedores